Barreiro – Em visita à escola, constatamos problemas pontuais como falta de computadores

Inaugurada em 2014 e gerida por meio de parceria público-privada, a Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Lucas Monteiro Machado, na Vila Pinho (Vale do Jatobá), Região do Barreiro, foi vistoriada, na manhã desta quarta-feira (11/12). Atendendo cerca de 290 crianças de um a cinco anos e totalizando 40 professores, a unidade apresenta problemas pontuais, como necessidade de aquisição de computadores para a sala dos professores, de panelas de pressão para a cozinha e de cobertura da portaria de entrada. Encaminharemos ofício à Secretaria Municipal de Educação, solicitando o atendimento das demandas apontadas.

Ao mostrar o funcionamento da escola, a diretora da Emei Lucas Monteiro Machado, Ana Paula Souza, informou sobre a expectativa de atender 400 crianças até 2020. Já as turmas de escola integral serão reduzidas de três para uma até o ano que vem. Ela destacou que hoje não há nenhuma criança em lista de espera e que serão recebidos, também, em 2020, alunos de seis anos de idade.

A escola é acessível, com 11 salas de aula, incluindo sala de descanso e multiuso, que funciona, quando preciso, no espaço da biblioteca.

Problemas apontados

A gestora relatou, na visita, que está sendo ajustado, junto à Guarda Civil Municipal, o horário de ronda, que não coincide com o horário de saída de alunos e professores. Foi solicitada, na oportunidade, uma cobertura para a portaria de entrada da escola e novos computadores para a sala dos professores, ressaltando que somente um equipamento é utilizado por 40 profissionais. Outra demanda apresentada foi a aquisição de panelas de pressão de 20 litros para a cozinha.

Encaminhamentos

Conforme observamos, praticamente todas as Emeis apresentam os mesmos problemas, como necessidade de toldo na portaria de entrada, e ampliação do número de computadores. Salientamos a qualidade do serviço prestado pela unidade, o que deve-se, em boa parte, à parceria público-privada, possibilitando que a direção dedique-se exclusivamente a questões pedagógicas e não à questões administrativas.

Encaminharemos ofício à Secretaria Municipal de Educação, a fim de cobrar o atendimento às demandas apresentadas.

Também participaram da visita Ricardo Costa, da Coordenação de Atendimento Regional Barreiro, Mônica Freitas Mol de Andrade, apoio pedagógico da Regional Barreiro, e Ana Paula Ribeiro, assessora da Diretoria de Políticas para Pessoas com Deficiência, da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado