Mulheres com medida protetiva já podem fazer consulta para acesso à cesta básica da PBH

Mais de 7 mil mulheres em situação de violência doméstica, incluídas pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) na lista de beneficiários das cestas básicas, já podem consultar data, local e horário de retirada dos alimentos. A distribuição vai ser feita enquanto durar o período de pandemia da Covid-19. 

De acordo com dados da Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (Consiv-TJMG), serão beneficiadas mulheres que tiveram medidas protetivas feitas a partir de 2019. 

Outras mulheres em situação de violência, identificadas em cadastros da Prefeitura, como do Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Benvinda) e da Diretoria de Políticas para as Mulheres, já são beneficiadas com a oferta de cestas desde o mês de abril. 

Fonte:G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado