Vereador Irlan Melo busca soluções para o trânsito do Bairro Tirol

O Bairro Tirol se transformou em um corredor para quem quer fugir da Avenida Amazonas e chegar até o Barreiro ou às cidades de Sarzedo, Ibirité, Contagem e Mário Campos. O trânsito intenso, sobretudo no horário de pico, aumenta o risco de acidentes e tem trazido grandes transtornos para os moradores da região, que também demandam a construção de uma passarela próxima a uma escola municipal e uma nova passagem de nível sobre linha férrea. Com a participação de várias lideranças comunitárias, o tema foi debatido em audiência pública nesta quinta-feira (18/11) pela Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário. A implantação de um novo sistema viário para resolver o problema na região já tem projeto executivo aprovado e aguarda aprovação do governo federal, conforme informaram a BHTrans e a Concessionária MRS Logística, responsável pela obra.

Autor do requerimento da audiência pública, Irlan Melo (PSD) lembrou que a luta pela melhoria no acesso ao bairro vem desde 2017: “Já conseguimos faixa de pedestre, sinalização, entre outras melhorias”. O vereador afirmou que agora é preciso discutir a construção de um viaduto para o acesso aos Bairros Tirol, Lindeia e Regina, a passarela que vai dar acesso à Escola Municipal Antônio Sales e também a possibilidade de ter uma nova passagem de nível para desafogar o trânsito. O assessor parlamentar Boy, morador da região, elogiou a participação das lideranças e afirmou que o Tirol “não aguenta mais o fluxo de veículos”.

Comunidade aponta dificuldades

As lideranças comunitárias foram unânimes ao reclamar que acidentes constantes provocam engarrafamentos e atrapalham o deslocamento de quem vive na região. Edson Amorim destacou que o Tirol é a saída do Barreiro e que a infraestrutura não acompanhou o desenvolvimento da região. “Há dois anos e meio nos reunimos com a BHTrans para reclamar do trânsito e hoje estamos aqui com as mesmas demandas”, disse. Moradora da região, Cleia chamou a atenção para os acidentes de trânsito: “São corriqueiros e provocam um caos ainda maior na via”, afirmou. Já o perito em engenharia e morador do Conjunto Ibirité, Vicente Júnior, lembrou que tanto o fluxo da passagem de nível do trem quanto tráfego da Avenida Tereza Cristina desembocam no mesmo lugar. “É muita gente que passa pelo Tirol. Precisamos de um projeto para dar uma solução rápida”, cobrou.

Ao defender que esta é uma obra importante para aproximadamente 30 bairros, o presidente da Associação Comunitária Conjunto Túnel de Ibirité, Glauber Barcelos Gomes, explicou que existe um estreitamento da pista que provoca engarrafamentos. Além de reiterar o pedido para construção de uma nova passagem de nível, ele também reclamou que, apesar de já ter sido feita uma desapropriação de um imóvel para construir a passarela, a obra ainda não foi realizada e os alunos da escola têm que andar cerca de 2km para ter acesso à unidade. Glauber Barcelos frisou que a comunidade precisa saber do cronograma de obras previstas para a região. Membro da Comissão de Transporte e Trânsito (CRTT), Washington destacou a necessidade de consultar a população na busca de soluções e de fazer um projeto amplo que contemple toda a região. “A interferência em um ponto vai impactar outro ponto. Por isso, todo perímetro deve passar por intervenções ancoradas em projetos”, defendeu.

Alargamento de viaduto e nova alça

Representante da Concessionária de Transporte de Carga MRS Logística S. A, Sergio Henrique Carrato garantiu que a empresa busca uma solução viável e segura para a transposição da linha férrea, debatendo soluções com a BHTrans, a Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) e a Companhia Urbanizadora e de Habitação de Belo Horizonte (Urbel), além do gabinete do prefeito, desde o governo de Marcio Lacerda. Segundo ele, foram feitas três audiências públicas para que fossem encaminhadas propostas. “A PBH sugeriu duas obras que a MRS vai realizar: o alargamento do viaduto ferroviário entre a Avenida Tereza Cristina e a Avenida do Canal, na região da PUC Barreiro; e a construção de um viaduto rodoviário na Rua Aderbal Rodrigues Vaz, com rotatória na Rua Antônio Eustáquio Piazza”, afirmou. Sérgio Carrato esclareceu que esta é uma obra de grande porte que já tem projeto executivo pronto e está aguardando aprovação do DNIT e do Tribunal de Contas para iniciar as atividades. Ainda segundo Carrato, a passagem de nível não foi demandada pela PBH.

Questionado pelo morador Vicente se não seria possível incluir a construção da passagem de nível no escopo das obras já aprovadas, uma vez que seria uma intervenção de baixo custo com grande benefício, o representante da MRS Logística afirmou que, “por uma questão de segurança, as passagens de nível devem ser eliminadas gradativamente”.

Passarela também será construída

O secretário de Obras e Infraestrutura, Josué Valadão, assegurou que já existem projetos e recursos para construir a passarela próxima à escola. Ele se comprometeu a informar posteriormente o prazo para iniciar a obra. 

Valadão confirmou as informações da MRS e declarou que a PBH assinou um convênio que permite a execução do projeto. O secretário alertou, no entanto, que “para que isso ocorra, será necessário que o governo federal renove a concessão com a MRS”. Indagado por Irlan Melo sobre qual seria o montante necessário para execução do projeto, caso o governo federal não renove a concessão, Valadão não soube informar. Já Sergio Carrato disse que “as desapropriações necessárias para realização do empreendimento impedem de fazer um cálculo aproximado.” 

Ficou acertado que Irlan Melo vai pedir uma nova audiência pública para que a CMBH conheça o projeto de intervenção que deverá ser implantado na região. “Se já tem projeto, quer dizer que já tem solução. Se o governo federal não aprovar, vamos pressionar a PBH para realizar essa obra que é muito necessária”, afirmou. 

Confira nossas ações no Barreiro

Acompanhe o nosso trabalho em todas nossas redes sociais:

Instagram:@irlan.melo

Facebook: Irlan Melo

Twitter: @irlanmelo

Youtube:Irlan Melo

Contato(31) 3555-1153

Vereador Irlan Melo, pelo seu direito e pela justiça.

Trabalho e resultado outra vez!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado

[insta-gallery id=”1″]